Pular Navegação (s)
13/02/2019

HISTÓRIA DO CICLISMO

Há historiadores que defendem que a "magrela" existia desde o Egito Antigo, mas, por centenas de anos, a autoria do primeiro esboçotinha sido dada a Leanardo da Vinci, pelo desenho do Codex Atlanticus, de 1495,

Há controvérsias.

Em 1817, o barão alemão Karl Von Drais fez uma máquina de andar com os pés no chão, no melhor estilo Flintstones. Os pedais ainda não existiam. Quem trouxe a solução foi o ferreiro escocês Kirkpatick Macmillan, em 1839, que grudou pedais na enorme roda da frente. Ele também adaptou duas bielas, ligadas a uma barra de ferro, dando maior estabilidade ao eixo traseiro e possibilitando um manejo rápido.

Em 1855, o francês Ernest Miuchaux inventou o pedal, que foi instalado em um veículo de duas rodas traseiras e uma dianteira.

O invento ficou conhecido como velocípede, que em latim, significa velocidade movida com os pés. Posteriormente, recebeu o nome de triciclo.

O primeiro modelo a receber o nome de bicicleta surgiu em 1870.

Era de metal, tinha peais em uma enorme roda dianteira e custava quase seis meses de salário de um trabalhador médio.

Somente em 1880, as rodas ganharam tamanhos iguais, corrente, catraca e mecanismos de marcha que permitiam alcançar velocidades maiores com menos esforço. No Brasil, as primeiras bicicletas chegaram em 1898, vindas da Europa.

Confira a nossa galeria

fale conosco pelo

(42) 99800-7016